segunda-feira, 15 de julho de 2013

Inverno

Não espere que te mandem flores, suas expectativas dificilmente serão alcançadas, e o tempo despendido na espera se transformará em frustração. O mais sábio é que você mesmo plante as flores em seu jardim, decore sua alma, elas terão todas as qualidades apreciadas por você.

Mais não estamos na primavera para plantar flores, estamos no inverno, tempo de recolhimento e reflexo.  Estação do ano apropriada para nos interiorizar e refletirmos sobre as necessidades fisiológicas que nosso corpo está emanando, para assim consigamos nos sentir melhor confortáveis mesmo com as dificuldades motoras que temos.

A falta de musculatura nos dá a percepção ampliada de peso, o atrofiamento da musculatura reduz a amplitude dos movimentos, como não conseguimos nos movimentas de forma natural sentimos mais frio que as outras pessoas, e as articulações ficam mais rígidas na temperatura fria do inverno.

Dicas de vestuário para minimizar o desconforto com o frio no inverno: Tocas, cachecol, poncho, blusa segunda pele, colete, luvas, meia calça, polaina...
  
As sementes das flores estão a disposição de todos "idéias", agora o plantio só ocorre mediante iniciativa própria, parte exclusivamente da pessoa portadora da dificuldade de locomoção, por mais que as outras pessoas queiram ajudar, sô o paciente saberá identificar suas necessidades fisiologias latentes a serem supridas em pro de seu bem estar.
O paciente tem que saber orientar as ajudas que necessita, com muita educação para com o cuidador, e sem se "vitimizar" perante a doença que tem, troque a palavra "vitimização" por readequação perante as limitações vividas atualmente.


Saiba que não ha doenças sem cura, a doenças que ainda não foi encontrado a cura. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário